Arquivo da categoria: Cidadania Italiana

Cidadania Italiana – Localização de documentos italianos

Para começar o processo você vai precisar dos registros de nascimento, casamento e óbito de toda a linhagem até chegar em você. Desde o italiano nascido na Itália.

Atualmente o Consulado do Rio de Janeiro não exige mais a certidão de óbito. Somente em casos específicos, como foi o meu. Meu avô foi registrado alguns anos depois do nascimento. Nesse caso eles pedem a certidão de óbito para explicar o motivo. Meu avô tinha sido registrado após o óbito do meu bisavô.

No meu caso eu tinha localizado uma carta enviada pelo comune para a irmã do meu avô e acabei localizando os outros documentos porque naquela época (do nascimento e casamento dos meus antenatos) as pessoas eram registradas nos mesmos lugares.

Se você tiver uma pista, envie um e-mail para o Comune com informações como:

  • Seu nome
  • Nome do antenato que está procurando
  • Tipo de certidão que está procurando
  • Data da ocorrência (se não souber a data, dê pelo menos um intervalo para facilitar a busca)

Alguns comuni são extremamente complicados porque recebem muitos pedidos de brasileiros e acabam não sendo tão ágeis ou solícitos. No meu caso, apesar de ter demorado, consegui receber os documentos. Em geral são enviados sem custo pra quem pedir.

MODELO DE PEDIDO DE DOCUMENTO ABAIXO (Para o comune)

Atenção: preencher com os seus dados e o tipo de documento que está solicitando.

All’Ufficio Anagrafe

del Comune di NOME DO COMUNE – PROVINCIA

Sono discendente di SOBRENOME, NOME, nato in codesto Comune il DD/MM/AAAA, figlio di NOME DO PAI o e di NOME DA MAE emigrato in Brasile.

Il sottoscritto, TEU NOME COMPLETO, nato il (DIA DO SEU NASCIMENTO DD/MM/AAAA) a (Cidade/UF), Brasile, richiede:

– Estratto dell’atto di nascita

Vi prego di voler cortesemente inviarmi una copia dell’estratto dell’atto di nascita del predetto nonché informarmi delle sue complete generalità e di ogni altro elemento di identificazione.

L’indirizzo per la spedizione:

<<<

Seu endereço aqui…

>>>

Distinti Saluti

Seu nome completo.

Se você não tiver pista alguma sobre seu antenato as coisas começam a ficar complicadas, mas existem alternativas.

Dicas comuns são procurar no Arquivo Nacional e nos registros de imigrantes. Existem inúmeras outras como: paróquias, comuni, cartórios, family search etc. Toda ajuda é valida.

Vale lembrar que as certidões em inteiro teor fazem referência aos arquivos originais daqui do Brasil. Os documentos mais complicados de localizar costumam ser as certidões italianas, mas algumas famílias são características de uma região específica e com alguma pesquisa dá pra excluir vários lugares.

Certidões brasileiras de casamento com data de mais de 5 anos não costumam ficar ter as certidões de nascimento correspondentes arquivadas. Você precisa realmente saber em qual região a pessoa morava ou nasceu e começar a procura nos cartórios que ficam perto do endereço de moradia.

Certidões de nascimento brasileiras de avós, bisavós, trisavós costumam ser de difícil acesso. No meu caso consegui no arquivo nacional e somente depois o cartório localizou.

Acredite em quase tudo que for falado sobre os cartórios. Alguns não têm boa vontade de fazer a busca quando você faz a solicitação e podem atrapalhar sua vida.

Como existem muitas formas de localizar documentos vou atualizando o post conforme for lembrando de mais detalhes.

Anúncios

Cidadania Italiana – Primeiros passos

Quero primeiramente pedir desculpas por postar tão off topic aqui no blog. Na verdade esse é um assunto que tá super na moda, ainda mais em épocas de recessão.

Sempre soube que tinha direito a cidadania italiana mas acabei deixando o tempo passar porque não tinha ideia de onde encontraria os documentos. Essa é a parte mais delicada de todo o processo.

Fiz meu processo através do consulado do Rio de Janeiro (link aqui) e super recomendo o reconhecimento da cidadania italiana através do Brasil para aqueles que não estão com tanta pressa.

Não sei exatamente como funcionam os outros consulados, mas vou falar como foi o meu processo e dar algumas dicas sobre o assunto, divididas em capítulos.

Antes de mais nada, se você está em busca de informação sobre o assunto gostaria de recomendar a leitura do Sagabook, do Fabio Barbiero. Foi o livro que norteou o meu processo de reconhecimento de cidadania e só deixei de lado porque ele não fala tanto sobre como concluir o processo no Brasil. O foco é mais pra quem quer reconhecer lá fora.

É só baixar gratuitamente através do link http://www.minhasaga.org/sagabook/.

Vale a pena falar para aqueles que pretendem reconhecer a cidadania fora do Brasil que muitos dos processos são ilegais e que muita gente tem problemas com os assessores, que cobram uma fortuna e em muitos casos não são sérios. É necessário fazer uma pesquisa muito detalhada antes de escolher um assessor.

Tem muita informação e muita gente bacana pra ajudar no Facebook, na área livre. É só clicar aqui e pedir pra participar.  Antes de fazer qualquer postagem leia os tópicos fixos pra evitar de encher o feed do grupo de perguntas que já foram respondidas.

No próximo post vou falar mais sobre como foi meu caso.