Arquivo da categoria: Yosemite

Yosemite, California – EUA

Ir para Yosemite (ou /iossêmiri/ se você tiver a mesma dúvida que eu sobre como pronunciar) foi quase um “vamos ver porque todo mundo gosta tanto de lá”. Fiz encaixar na viagem mesmo que isso tenha nos custado muitas horas de estrada. E realmente foi lindo.

A estrada para Yosemite é realmente muito bonita e cheia de verde. É como estar realmente dentro de um papel de parede do Windows super famoso.

Visão da estrada para Yosemite
Visão da estrada para Yosemite

DSC_0249

A estrada  de San Francisco para Yosemite vai te tomar no mínimo 4h do dia (só a ida). Vale a pena sair bem cedo para chegar lá em um bom horário.

Antes de decidir ir para Yosemite, entre no site do parque e veja se tem alertas. Neva bastante por uma boa parte do ano e também tem épocas do ano que a mata pega fogo, pode ser que você perca a viagem se não planejar com cuidado sua ida. No site você consegue ver quais partes estão abertas e quais não estão. É um serviço muito bom.

Lake Tullock, Copperopolis
Lake Tullock, Copperopolis

Custa apenas USD 10 para entrar no parque de carro e com esse valor você pode ficar por 7 dias ou sair e voltar sem pagar mais por lá. Tem muitos lugares para acampar com barraca ou motor home. Se você quiser acampar precisa reservar com antecedência porque na hora vai estar lotado.

Passear dentro de Yosemite é quase impossível sem um carro. Até tem um ônibus que não sei direito de onde vem e pra onde vai, mas carro é a melhor opção. Nem todos os lugares são acessíveis de carro, mas com certeza a pé você não chega em lugar nenhum. O parque é muito grande e isso torna o passeio um pouco cansativo. Provavelmente se eu voltar em Yosemite um dia vou querer ficar acampada por lá. A única recomendação é não deixar comida espalhada por causa dos ursos.

As estradas de Yosemite são incríveis e você consegue entrar no parque vindo de várias cidades diferentes. Precisa de muita gasolina e disposição já que para sair do parque você leva cerca de 1h de carro com uma grande chance de se perder já que o GPS não funciona por lá e o celular muito menos. Nunca ache que é perto. Se a gasolina estiver acabando e você passar por um posto, abasteça. O próximo posto vai estar muito longe dali. Só esteja preparado para gastar um pouco mais pela gasolina do que fora da cidade.

Como passei apenas um dia e tinha nevado dias antes não tive a oportunidade de conhecer todos os pontos do parque, mas pude perceber que é um lugar ótimo para a família. Um lugar que você pode caminhar, fazer piquenique, acampar, pescar. Tudo em um lugar só. Acho que vale a pena visitar novamente. Só que quando eu voltar, vou alugar um motor home só pra ficar hospedada lá um tempão. Também tem a opção de alugar tendas ou se hospedar em um hotel. Os hoteis todos ficam bem distantes tendo em vista que o parque é enorme. Além disso, são muito mais caros do que a maioria já que são poucos.

Com o tamanho enorme do parque só consegui visitar o Glacier Point (que na primavera tinha um clima quase cortante de 7ºC) e a Yosemite Falls, mas tem muito mais coisas para fazer por lá como o Merced River que ocupa uma grande área do parque e as sequoias gigantes que tem por lá ou o half dome que não consigo acreditar que alguém escale.

Se você for subir pelas pedras da cachoeira prepare-se para tomar um banho muito gelado e tome cuidado com as pedras que provavelmente vão estar molhadas e escorregadias.