Sobre o Papo

Tudo começou há alguns anos. Eu tinha começado a viajar com uma boa frequência e meus amigos começaram a pedir dicas sobre as viagens que eu tinha feito depois de longos anos sem mal sair do Rio de Janeiro. Eu escrevia bem. Todo mundo dizia isso. Então eu “cansei” de escrever várias vezes com o mesmo entusiamo sobre as minhas viagens e resolvi criar um blog pros meus amigos amarem minhas viagens tanto quanto eu. Foi assim que esse espaço nasceu.

Confesso que não é fácil ser pisciana, publicitária, entusiasta pela fotografia e de quebra um pouco freak pelos pontos desconhecidos do mapa mundi. Juntei tudo isso e hoje posso dizer que passo 11 meses da vida como publicitária dividindo algumas horas com os meus hobbies mais especiais (fotografia, culinária e os blogs). Talvez isso dê uma acalmada naquela vontade de reclamar por ter que fazer as malas e sair por aí de mochilão, mochila ou mala de rodinhas. Nesses 11 meses é muito provável (e quase certo) que eu esteja planejando alguma outra viagem por aí. Pra perto ou pra longe. Infelizmente planejar toma mais tempo porque só tenho 1 mês de férias por ano. : (

Já andei de dromedário e búfalo.  Já peguei um filhote de leão no colo e passei a mão num tigre de bengala. Já voei de balão e de bimotor. Já mergulhei e esquiei (ou tentei). Já fui devorada pelos mosquitos do Pantanal.  Já bebi água do Lago Titicaca, da torneira na Bolívia e já comi neve como biscoito. Já dei também comida pra uma arara da minha própria boca e já passei 54h sem tomar banho atravessando o Chile de ônibus.

Nesses anos que passaram aprendi o que é ser mochileira e o que é ser viajante. Não, não é a mesma coisa.

Ser mochileira pra mim é viajar pra qualquer canto do mundo, caro ou barato. Às vezes só com um mochilão anti consumo. Economizar com comida ou com hospedagem. Com o que puder. Tudo isso para cobrir mais pontos no mapa. Para fazer a mente abrir, conhecer gente nova, ir onde muita gente tem medo de ir e fazer muita coisa que a maioria das pessoas têm medo de fazer. Conhece gente simples e sofisticada. Fazer xixi num buraco ou compartilhar banheiro. Tá valendo quase tudo.

Ser viajante é mais relax. É aquele lance de hotel, conforto, compras, roupa arrumada e limpa, banho quente e quarto perfumado. Ser viajante às vezes restringe, fecha a mente. Você monta um roteiro pra seguir e esquece de fazer coisas que pessoas locais fariam. Acaba não deixando o turista que está dentro de você de lado.

Não que um seja melhor ou pior que o outro. É apenas diferente.

Detesto política e futebol. Religião é um assunto polêmico demais pra mim. Ganho mais falando sobre viagem, fotografia e comida porque todo mundo gosta e eu também.

Espero que gostem do espaço que criei pra dividir minhas experiência. Sintam-se à vontade para falar sempre que quiserem. Todos os comentários serão respondidos.

Anúncios

8 opiniões sobre “Sobre o Papo”

  1. Thaisssssssssssssssssssss! AMEI seu blog!!! Pretendo fazer um mochilão ano que vem. Meu $ quase não sobra pra juntar dinheiro e tem muitas ideias brotando na minha cabeça de pisciana (também). Vou acompanhar seu blog e suas novidades. Quero sair bem informada e você está ajudando muito!!! OBRIGADA!!!

    1. Oi, Mari. Tudo bom? Desculpas mil pela demora. Não vi seu comentário antes. Estava viajando na época que você comentou por aqui e acabou passando. Não costumo deixar de responder. Conte comigo sempre! Ainda não conheço muitas coisas pelo mundo mas se precisar de ajuda, manda um e-mail!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Sobre mochilões, viagens, devaneios e muitas aventuras.

%d blogueiros gostam disto: