Roteiro de mochilão – América do Sul em 30 dias

Para quem está seguindo o blog, sabe que nas últimas semanas postei sobre meu mochilão de 1 mês (mais ou menos) pela América do Sul.

Tinha muito detalhe pra contar e não deu pra simplesmente postar o roteiro aqui antes de tantas explicações.

Vou listar aqui todos os pontos. Abaixo estão os principais. Não consegui colocar para visualizar o tempo de ônibus. O roteiro é enorme demais pra isso.

Trajeto da viagem pela América do Sul
Trajeto da viagem pela América do Sul

 

É só clicar se você quiser ler sobre os lugares. Comecei minha viagem por Buenos Aires e sabendo agora o que me esperava, não recomendo que ninguém vá sozinho para um mochilão pela América do Sul. Os trajetos são sempre muito longos e pode ser um pouco solitário / perigoso se você fizer sozinho. Tudo bem, você também pode encontrar um bingo dentro do ônibus.

Argentina

Buenos Aires
Luján
Rosario
San Salvador de Jujuy
La Quiaca
Mendoza
Tigre

Bolivia

Villazón
Tupiza
Uyuni
Potosi
Copacabana
Isla del Sol

Peru

Puno
Cusco
Aguas Calientes
Machu Picchu

Chile

Arica
Santiago
Viña del Mar

Uruguai

Colonia del Sacramento

Anúncios

32 opiniões sobre “Roteiro de mochilão – América do Sul em 30 dias”

  1. Olá.
    Gostei do seu post.
    Estava querendo começar a fazer um mochilão pela américa do sul nas minhas férias do ano que vem.
    Gostaria de dicas de rotas e essas coisas.
    Se puder entrar em contato comigo ficarei muito feliz.

    🙂

      1. Você partiu da Argentina né?
        Qual foi a média de gasto, tipo o total que você chegou a gastar em 1 mês, não encontro esse tipo de informação.

      2. Olá Thais, fiquei na dúvida em relação ao dinheiro. Você levou o dinheiro em mãos ou você retirava em casas de câmbio ou transferência? Pq não dá pra andar com dinheiro em mãos por 30 dias .

  2. Olá thais, tudo bem? Vou fazer um agora pela America do sul no final do ano, so que vou sozinho e não falo muito bem o espanhol. Vc se arrependeu te der feito sozinha?

    1. Oi Vinicius, eu nao fiz meu mochilão sozinha. Fui com mais 4 amigos. Também nao falo espanhol mas depois de 1 mes por lá eu entendo bastante coisa. Ir sozinho pela América do Sul nao é tão seguro. Eu nao recomendo. Não por causa da língua, mas por segurança mesmo. Sem contar que alguns passeios ficam caros se vc nao dividir com alguém. Como o salar do uyuni que é bastante caro e vc tem q alugar carro e tudo mais.

    1. Rachel, eu falei sobre os hotels que eu fiquei dentro do post específico de todos as cidades que fiquei. Se você clicar nos links vai ver.

      Sobre o meu deslocamento, foi todo de ônibus. Dá pra ir de um lugar pro outro de ônibus tranquilamente.

      1. Olá Thais,
        Essas passagens de ônibus foram compradas todas com antecedência, ou foram todas na hora mesmo, na rodoviária local?
        Você sabe se os preços de ônibus são muito diferentes se comprados com antecedência ou não?

  3. Olá! Sobre os roteiros escolhidos, há algum lugar que você cortaria da lista e aumentaria o tempo em outra localidade? Quero fazer exatamente a mesma viagem, mas terei que compactar em 30 dias e de preferência fazer as melhores escolhas possíveis. Obrigado! Grande abraço e parabéns pelo relato.

    1. Diego, eu adorei minha viagem. Não cortaria nenhum dos lugares que fiquei. Só aumentaria o tempo, mas infelizmente não tem tempo suficiente para mais do que eu fiz em 30 dias.
      Adoraria ter ficado mais tempo em Cusco e ter ido ao deserto do Atacama, mas infelizmente não deu. O trajeto da fronteira do Peru até Santiago também é enorme…cerca de 54h. Isso faz você perder dias que talvez sejam preciosos. Vale a pena dar uma avaliada.

      Também não cheguei a ir para Sucre e Salta que dizem ser bem legal e não conheci nada de La Paz. Nesse caso acho que não perdi muita coisa.

      O mais importante é saber priorizar. Infelizmente 5 países em 1 mês é muita coisa. Você precisa ser seletivo e tentar fazer um roteiro que você não dê passos para trás para depois ir pra frente. Assim você economiza tempo.

      Se eu tivesse mais tempo também teria conhecido outros lugares do Uruguai, mas só consegui passar um dia em Montevideo.

      Sobre Buenos Aires, particularmente fiquei bastante tempo lá. Talvez pudesse ter reduzido, mas acho bom conhecer a fundo os lugares e mesmo assim não fiz tudo que a cidade me oferecia.

      É uma experiência incrível, só evite viajar sozinho.

    1. Jimmy,

      Gastei algo em torno de 7 mil reais já com a passagem do Rio para Buenos Aires. Tenha em mente que não é receita de bolo. Cada um tem um padrão de viagem diferente. Mulheres normalmente gastam mais do que homens. Só não ache que é possível fazer uma viagem dessa com 2 mil reais porque não é. Quando eu estava planejando muita gente me disse que tinha feito isso. Concluí que isso era impossível. Até porque eu não fiz muitas compras nem comi em restaurantes caros.

      Se você quiser fazer uma conta, estipule mais ou menos 50 reais para hospedagem por dia, 50 reais para alimentação (se você não quiser fazer uma viagem gastronômica) e 200 reais de passagem de uma cidade pra outra de ônibus. Algumas são mais caras e outras mais baratas. Assim você consegue compensar.

      Além disso, coloque no orçamento a ida para Machu Picchu, que custa em torno de USD 200 e a ida para Salar do Uyuni que custa o mesmo preço também se você for fazer o tour de 2 dias. O tour de 4 dias custa quase o dobro.

  4. Li o post e os comentários e ainda assim fiquei na dúvida, porque você está tão convicta de que não se deve fazer a viagem sozinho? O que você percebeu exatamente durante a viagem? Isso, relacionado a segurança, pois quanto a passar muito sozinho, pode ser positivo dependendo do objetivo da viagem e quanto aos passeios caros, isso me obrigaria a me inserir em algum grupo e conhecer gente nova. Obrigado, e parabéns, você escreve muito bem, até nas respostas dos comentários.

    1. Thiago, passei por situacoes ruins como o assalto do ônibus que eu estava, furto dos pertences em outro ônibus, sangramento nasal e até um dia que tive uma infecção gastrointestinal por conta da comida que apesar de gostosa nem sempre é muito limpa.

      Além disso, também aconteceu do exército parar meu ônibus e prender um traficante.

      Ir sozinho não é impossivel, mas não recomendo. Provavelmente você vai conhecer muita gente legal, mas como os roteiros em geral não vão se bater você vai se ver sozinho várias vezes. Talvez em uma estrada deserta da bolivia com um motorista bêbado…o que é normal por lá.

      Para homem é até mais fácil, mas pra mulher acho meio complicado.

  5. Oi estava olhando seu post e gostei muito parabens , quanto vc gastou nessa viagem irei fazer uma viagem com a minha namorada mes que vem ,para Buenos Aires,mendonza.Santiago, Atacama,Peru ,uruguai !
    Obrigado

  6. Ola,
    Li acima que voce gastou 7mil reais em 35 dias. (2014)
    A moeda é o dolar em todos os paises ?
    Caso seja, preciso recalcular esse valor pra os dias de hoje correto ?

    1. Nao! Cada país da América do Sul tem uma moeda diferente. Levar dólar ajuda porque em alguns lugares você consegue pagar com dólar, mas acaba saindo mais caro do que pagar com a moeda corrente. A dica é levar real e comprar em cada país a moeda corrente e procurar as melhores cotações.

  7. outra coisa, ja fiz um mochilao pela europa e so paguei antecipado o transportes e acomodacao. Levei metade do dinheiro em especie e outra metade naqueles cartoes de viagem. Como voce organizou essa parte ?? transporte, acomodacao e dinheiro ?
    Obrigado

    1. Eu levei o valor todo em dinheiro. Atualmente é a melhor opção por causa do IOF. No cartão você pagaria 6,38% de IOF. Em espécie apenas 0,38.

      Para quem tem juízo, é melhor. Se você tem medo de perder a doleira, convém mais ter o travel money.

      Paguei tudo em espécie e não desgrudei da minha doleira um segundo. Não tive problemas. Mas se vc der mole, certamente terá problemas. Rs

  8. Boa noite, Thais!
    Acho que você já deve ter lido bastante essa pergunta, mas eram tantos posts que eu fiquei perdida, acabei não achando nada relacionado.
    A minha dúvida é saber em média qual o envestimento que vc fez pra esse roteiro. Eu estou tentando comprar passagens pra Argentina e de lá seguir pela América de ônibus e hospedagem em hostel, então nossos custos parecem similares.

    Obrigada

    1. Lorena, já ouvi pessoas falando que gastaram 3 mil. Eu acho inviável esse valor principalmente por conta dos lugares que visitei. O salar do uyuni e Machu picchu são passeios caros.
      Em média, tente calcular 60 pesos para comida por dia e mais 60 para hospedagem por dia. O resto vai depender da quantidade de passeios que você vai fazer. Alguns são pagos em dólar então acredito que o orçamento tenha subido um pouco da época que fui pra cá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s